Programas Ambientais

Proteção à Fauna e Flora

Subprograma de Controle Supressão de Vegetação

​A supressão de vegetação é uma das atividades inseridas na abertura de áreas, necessária para a execução do projeto de implantação e pavimentação da BR-316/AL. Esta atividade refere-se ao corte da vegetação existente, sendo que a supressão deve ser realizada somente em áreas estritamente necessárias, incluindo a faixa de domínio e áreas de empréstimo laterais.

A sua execução corresponde a uma das primeiras ações a serem efetivadas, no início das obras. A supressão de vegetação causará a alteração de hábitats, ocasionando a perda de ambientes e também promovendo o surgimento de novos hábitats às margens da rodovia. Além disso, outros impactos indiretos podem ser relacionados à remoção da cobertura vegetal, como o aumento da incidência de processos erosivos e afugentamento de fauna e, no caso de vegetação de matas ciliares, o risco de assoreamento de corpos hídricos. Sendo assim, torna-se necessário o estabelecimento de diretrizes e procedimentos para a supressão de vegetação a fim de minimizar os impactos ambientais decorrentes desta atividade.

​Afugentamento de Fauna

​O afugentamento consiste no deslocamento dos animais que estão na faixa de domínio para um local seguro, com o objetivo de evitar perda da fauna silvestre nas áreas que serão suprimidas.

Antes do processo de supressão vegetação as áreas a serem suprimidas são vistoriadas pela equipe de resgate, a fim de identificar a presença de ninhos, tocas e abrigos, após isto a área é liberada.

Durante este processo a construtora é orientada a acionar a equipe de resgate, caso encontrem animais silvestres. Essas áreas vistoriadas também são acompanhadas durante o processo de desmate. Os animais encontrados são afugentados de forma branda, evitando realizar as atividades de resgate propriamente ditas, de forma a minimizar o estresse com a captura, transporte e soltura. Em caso de captura, seja pelo fato dos animais não conseguirem se deslocar por seus próprios meios ou por possuírem deslocamento muito lento, estes são removidos para áreas adjacentes com as mesmas características do local de origem, se não existir áreas com essas características, as espécimes deverão ser soltas em áreas previamente definidas pelo IBAMA.

Fale Conosco

Entre em contato com a gente por um dos meios abaixo:

 

Para mais informações, clique aqui.

Siga-nos nas redes sociais:

Newsletter

Fique por dentro!
Digite o seu e-mail no campo abaixo e assine para receber o nosso boletim informativo. É rápido e fácil.

 

Facebook

© 2017 BR-316 AL. Todos os direitos reservados.