Programas Ambientais

Monitoramento dos Corpos Hídricos

O Programa de Monitoramento de Corpos Hídricos (PMCH) tem por objetivo monitorar a qualidade das águas superficiais dos corpos hídricos passíveis de sofrer alterações por ocasião das obras de pavimentação da BR-316/AL. Assim, busca-se identificar alterações nas características físicas, biológicas e químicas da água em função de problemas nos canteiros de obras, e, eventualmente, devido a acidentes com transporte de produtos perigosos.

Ao longo da BR316/AL, foram mapeados 8 corpos hídricos, totalizando 16 pontos de amostragem, sendo 1 ponto a montante e 1 ponto a jusante da interseção com o eixo da rodovia, em cada corpo hídrico. Amostras desses corpos hídricos serão coletadas para análises de variáveis químicas, físicas e microbiológicas, visando determinar as interferências das obras na qualidade dos corpos hídricos da região, dentre os quais destacam-se o rio Moxotó, os riachos de Poço Branco, Faveiro e Gravatá e os rio Florêncio, Canapi e Carié.

O PMCH terá uma campanha a cada três meses, totalizando seis campanhas de monitoramento.

Fale Conosco

Entre em contato com a gente por um dos meios abaixo:

 

Para mais informações, clique aqui.

Siga-nos nas redes sociais:

Newsletter

Fique por dentro!
Digite o seu e-mail no campo abaixo e assine para receber o nosso boletim informativo. É rápido e fácil.

 

Facebook

© 2017 BR-316 AL. Todos os direitos reservados.